quinta-feira, 29 de junho de 2017

E se eu preferir ir comer coxinha

Imagem do Google.imghp
Espero que não se importe de sair com uma mulher como eu. Que não se importe de sair comigo nas condições que estou. De estar na minha presença no que aparenta ser um encontro mesmo que eu esteja com as unhas por fazer, uma roupa não tão adequada e a aparência tão cansada. 

Espero que não se importe se eu bocejar, se eu gargalhar demais, se sentir um frio demasiado grande. Ah, e que não se importe mesmo de eu estar de havaianas ou de eu preferir ir comer coxinha ao invés de ir comer sushi. 

Eu espero que não se importe de eu ser eu, de eu querer me sentir ‘eu’ ao menos uma vez na vida numa situação como essa. E que não se importe de eu não querer te beijar ou se, de repente, eu querer. É que eu acho que estou chegando aos 30 sem nunca ter tido um encontro decente, e a culpa é minha mesmo, meu medo de eu ser eu e de fazer o que estou com vontade.

Eu só espero sentir-me bem ao teu lado e que esse sentir seja recíproco. E eu não vou me importar se você prefere comer a coxinha pela ponta mais fina, enquanto eu prefiro pela ponta mais grossa. Também não vou me importar se você prefere mostarda enquanto eu prefiro ketchup. Assim como espero que você não se importe se, com meu jeito desastrado de ser, eu derrame o ketchup pela mesa ou o espirre na tua cara, como em cenas de romances americanos.

E espero que não se importe, inclusive, se eu desmarcar nosso encontro em cima da hora.

Contudo, se você se importar com essas coisas bobas, fique certo que pra mim tanto faz, pois eu não estou mais me importando em ser o que não sou. Eu só quero ser feliz.


Um texto de Aline Menezes, criadora do Blog O Quarto de Aline

Um comentário:

Olá, querido visitante! - NOTA IMPORTANTE
Você é muito bem vindo aqui em meu quarto. Se desejar copiar algum dos textos que eu, Aline Menezes, escrevo, favor creditar com meu nome, nome do texto e endereço do blog.
Plágio é crime. No Código Penal Brasileiro em vigor, no Título que trata dos Crimes Contra a Propriedade Intelectual, nós nos deparamos com a previsão de crime de violação de direito autoral – artigo 184 – que traz o seguinte teor: Violar direito autoral: Pena – detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa.  Então, não Plagie!

Internet - O Filme

O que você achou da nova identidade visual do Blog O Quarto de Aline?