quarta-feira, 7 de junho de 2017

Em busca de alguém que fique


Foto: Hian Olliver

Meses atrás eu me jogava no chão, olhava o céu, uma lágrima escapava do rosto e eu pedia a Deus uma pessoa que ficasse.

Uma pessoa que me desse a mão, que caminhasse comigo, que sorrisse junto e também chorasse junto. Que soubesse respeitar meus medos, meus fantasmas e aceitasse que sou uma pessoa que caiu e está aprendendo a se levantar.


A verdade é que sou uma pessoa complicada, intensa demais. Uma combinação perfeita de câncer e touro que resulta num mar revolto de emoções e muitas vezes, eu mesmo, afogo-me e me perco nas minhas próprias águas. No meio de toda essa tempestade, eu só precisava de um sol.

Mais verdade ainda, é que Deus sempre tem um plano para nós. "Palavras certas em linhas tortas". Quando menos esperava, surgiu uma pessoa de um metro e cinquenta e dois, olhos negros e voz acalentadora. Conversa vai... Conversa vem... Quando percebi, já estava saindo da minha boca um "eu te amo" e estava sendo abraçado forte e ouvindo vários "eu te amo".

A cada toque, beijo, abraço, mãos dadas, brincadeiras, planos para o futuro, eu saía do mundo ao meu redor e entrava num universo de pensamentos. Foi assim que eu descobri que essa era a pessoa que eu pedi a Deus.

Quando a gente encontra a pessoa que nos faz feliz de verdade, a gente esquece toda mágoa do passado e aprende o porquê de outros relacionamentos não terem dado certo e o porquê de esperar tanto. É porque Deus sempre guarda algo especial para nós, e esse algo vem com muita luta.

No fim, eu descobri que eu achei a pessoa que eu queria. Eu achei a pessoa que vai ficar.


Um texto do jovem escritor pernambucano Matheus José








Um comentário:

Olá, querido visitante! - NOTA IMPORTANTE
Você é muito bem vindo aqui em meu quarto. Se desejar copiar algum dos textos que eu, Aline Menezes, escrevo, favor creditar com meu nome, nome do texto e endereço do blog.
Plágio é crime. No Código Penal Brasileiro em vigor, no Título que trata dos Crimes Contra a Propriedade Intelectual, nós nos deparamos com a previsão de crime de violação de direito autoral – artigo 184 – que traz o seguinte teor: Violar direito autoral: Pena – detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa.  Então, não Plagie!

Internet - O Filme

O que você achou da nova identidade visual do Blog O Quarto de Aline?